Dilma se reúne com governadores e defende pacto pela governabilidade

DILMA GOVA presidente Dilma Rousseff se reuniu esta semana no Palácio da Alvorada, pela primeira vez no segundo mandato, com os governadores de todas as regiões do país.

Além dos governadores, também participaram do encontro com a Presidenta Dilma o vice-presidente Michel Temer e três ministros do seu governo: Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento) e Aloizio Mercadante (Casa Civil) e vários assessores.

O objetivo desse encontro foi propor um pacto pela governabilidade entre os governo federal e os estados. No inicio da reunião Dilma falou sobre economia e crescimento. Em seu discurso, Dilma disse que durante o período eleitoral passado a situação econômica do pais era muito mais favorável que a de hoje, e segundo ela o Brasil vive um ano de travessia, que o levará a um lugar melhor.DILMA GOV4

Sobre os problemas que o Brasil atravessa, disse que para enfrentar essas dificuldades é necessária a parceria entre o governo federal e os governos estaduais.

Como recentemente Dilma tem enfrentado várias derrotas no Congresso Nacional, resolveu também, pedir ajuda aos governadores para ajudarem a convencer os congressistas de seus estados, a rejeitarem matérias que estarão em pauta no Congresso Nacional, que se aprovadas irão contribuir para aumentar os gastos federais e a votarem na aprovação de matérias que poderão beneficiar o governo.

dilma gov2Disse ela:

Como algumas medidas afetam os estados e por tanto afetam o pais, os governadores também tem que ter clareza do que esta em questão”.

Em seu discurso a Presidente também afirmou:

Vamos voltar a crescer com todo nosso potencial. Com preços mais baixos, emprego em alta e saúde e educação com os investimentos necessários”. Disse saber o que a população brasileira esta sofrendo e o que precisa ser feito.

Mesmo diante de uma grande crise no pais, a presidenta apostou na redução da inflação em 2016, através da criação de um “novo ciclo de expansão sustentável do crédito“. Além de tudo isso propôs também um pacto na área de segura Publica para combater os assassinatos, e isso é bom uma vez que no Brasil o numero de morte por assassinato é de uma pessoa a cada dez minutos, sobre o assunto Dilma afirmou que a cooperação deve existir independentemente das afinidades políticas de cada um.

Fontes: CPB – Agencias de Noticias. Ag. Câmara Senado Federal, Agência/TV Senado e CPB.


CPB INFORMA:

O conteúdo desta notícia é de inteira e exclusiva responsabilidade de seu autor, não refletindo opinião oficial do site/portal www.correiopopulardebrasilia.com.br ou dos demais editores do Jornal.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *