Mundo

Notícia Internacionais


 

Donald Trump surpreende Hillary Clinton e é eleito presidente dos EUA

Donald Trump é eleito e será o 45º presidente dos Estados Unidos. O novo presidente eleito contrariou pesquisas e previsões dos principais jornais do país e derrotou Hillary Clinton.donald-trumpTrump ao alcançar 276 delegados, ultrapassando o limite de 270 necessários para ser o vencedor no Colégio Eleitoral e foi considerada eleito.

A Flórida, o estado de Wisconsin, Carolina do Norte, Ohio, Iowa, estão entre os estados considerados decisivos para o resultado que deu a vitória  a Trump.

O “New York Times”, um dos principais jornais dos Estados Unidos, em sua análise política divulgou que o número de votos de eleitores brancos e com maior renda foi suficiente para compensar o eleitorado latino, que em sua grande maioria votou em Hillary Clinton.

O vice presidente eleito em discurso ao lado de familiares  agradeceu a todos pela vitória.vc-trump

Donald Trump nasceu em 14 de junho de 1946 no bairro nova-iorquino do Queens. Filho de Fred Trump, um construtor de origem alemã, e Mary MacLeod de procedência escocesa, Trump é o quarto dos cinco filhos do casal.

Desde criança Trump mostrava um comportamento rebelde, aos 13 anos, teve que trocar de escola por ter agredido um professor.  Foi para Academia Militar de Nova York, onde os pais tinham a esperança de que a disciplina militar iria ajudá-lo.

Trump graduou-se na academia em 1964, e alcançou a patente de capitão e comentou ao então cadete Jeff Ortenau:

Um dia, serei muito famoso”. Comentou Trump.

Formou-se em Economia na Escola Wharton da Universidade da Pensilvânia em 1968. Trump com o aval de seu pai assumiu o comando da empresa familiar, Elisabeth Trump & Son, administradora de imóveis de classe média nos bairros nova-iorquinos de Brooklyn, Queens e Staten Island. Em 1971 Trump rebatizada a companhia, com o nome The Trump Organization, e se muda para a Manhattan.

A empresa da família no comando do pai construía casas para a classe média. Já Trump ao iniciar seu próprio negócio  optou pelas torres luxuosas, hotéis, cassinos e campos de golfe. E diz que começou seus próprios negócios de forma modesta, com “um pequeno empréstimo de US$ 1 milhão” que contraiu de seu pai Fred Trump.

Trump se tornou um magnata de sucesso um dos homens mais ricos dos Estados Unidos. Trump mora em um triplex no topo da Torre Trump em Nova York, e viaja em seu Boeing 757 privado.

Donald Trump alcança hoje o que disse ainda jovem “Um dia, serei muito famoso”, e através da conquista da maioria dos delegados políticos americanos, alcança a vitória na eleição de presidente da maior potência mundial  os Estados Unidos da América.

Em seu discurso da vitória,  Donald Trump revelou que sua concorrente Hillary ligou e admitiu a derrota. “Eu a cumprimentei pela campanha muito disputada”, Trump também disse que “Hillary prestou grandes serviços aos Estados Unidos”.05

Em meio às comemorações com seus simpatizantes, Donald Trump defendeu a união do país após a disputa eleitoral, ao afirmar que será presidente para “todos os americanos”.

Todos os americanos terão a oportunidade de perceber seu potencial. Os homens e mulheres esquecidos de nosso país não serão mais esquecidos”,… “Vamos sonhar com coisas para nosso país, coisas bonitas e de sucesso novamente.”  disse Trump.

Donald Trump conclui seu discurso da vitória dizendo “Eu amo este pais”,” Obrigado”!.

Fontes:  Agências Internacionais e  CPB Agencia  de Noticias.


CORREIO POPULAR BR1

Voltar ao topo voltarTopo


OUTRAS NOTÍCIAS


Barack Obama diz que EUA vai “destruir o Estado Islâmico” .

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em pronunciamento ao vivo pela TV neste domingo (6), comunicou que o país “destruirá” o grupo Estado Islâmico.Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Vamos destruir o Estado Islâmico”, Afirmou Barack Obama.

Segundo Barack Obama O Estado Islâmico não fala pelo Islã. “São matadores e assassinos”. Um “culto da morte”. Destacou o líder americano.

Barack Obama comunicou também, que o atentado na Califórnia, realizado segundo a Polícia Norte Americana, pelo americano Syed Farook e sua mulher paquistanesa, Tashfeen Malik, na qual morreram 14 pessoas, foi um “ato de terrorismo” e prometeu que o grupo Estado Islâmico será “destruído”.

Esta é a terceira vez que Obama faz um discurso direto do Salão Oval da Casa Branca.

Em sua fala Barack Obama também disse:

Nós, vamos manter a Esperança e Vamos Vencê-los, mantendo as nossas forças, nossa inteligência, mantendo-nos resilientes e focados”.

Também afirmou:

Nossas forças Militares, vão continuar a caçar todos esses terroristas em qualquer país do mundo”… “No Iraque e na Síria as nossas forças estão eliminando os pontos de atividades do estado Islâmico”.

Obama continuou seu discurso dizendo:

Temos outras forças aliadas que vão nos ajudar na federação de nos nossos esforços para destruir o estado Islâmico, e nos vamos continuar a treinar e dar equipamentos às forças Iraquianas e Sírias, no seu trabalho em solo para eliminar esses complexos de segurança do estado Islâmico”.

Trabalharemos com nossos aliados Europeus, também com a Turquia, e também estamos cooperando com outros países…, para trazer abaixo essa ideologia que trás somente vícios…” comentou Obama.

O presidente dos Estados Unidos também sugeriu a implementação de controles de fronteira, defendendo que haja uma triagem mais rígida de pessoas que entram nos estados Unidos.

Obama defendeu que haja um controle maior sobre a venda de armas de fogo. Segundo ele, para que seja “mais difícil matar” nos Estados Unidos, defendendo, que é necessário, dificultar o acesso a armas de fogo nos EUA, principalmente de armas como as que foram usados no atentado, em San Bernardino na Califórnia, recentemente.

Presidente dos Estados Unidos

O Presidente Americano também defendeu a atual “estratégia” usada pelos Estados Unidos contra o Estado Islâmico, que conta com ataques aéreos, e apoio a forças locais a países que como o Iraque e a Síria que estão lutando para recuperar o controle de seus países.

Para ajudar a conter essa ameaça, o presidente Obama pediu o apoio às pessoas que trabalham com tecnologia, dizendo:

Conclamamos todos os que trabalham com tecnologia que ajudem as forças americanas a eliminar o estado Islâmico. Estamos em casa e precisamos trabalhar juntamente para chegarmos a este resultado”

Em meio à coletiva, Obama também afirmou:

Esta é uma questão de Segurança Nacional.” …“É necessário impedir que matem as pessoas”…

E concluiu o discurso dizendo:

 Se o congresso acredita no que eu acredito, que estamos de fato em guerra contra o Estado Islâmico, é necessário então, continuar a autorizar o uso das forças contra estas forças terroristas”. Destacou o líder Norte Americano.

Fontes: CPB – Agencias de Noticias. Agencias internacionais, G1, UOl e CPB.


CORREIO POPULAR BR1

Voltar ao topo voltarTopo


OUTRAS NOTÍCIAS


Consulado dos EUA em Istambul, na Turquia é atacado por terroristas

O Consulado Americano em Istambul foi atacado a tiros por terroristas nesta segunda-feira (10), logo depois de uma explosão de um carro bomba em frente uma delegacia de policia onde 10 pessoas ficaram feridas.

Duas pessoas abriram fogo contra o Prédio da Representação dos Estados Unidos em Istambul (Turquia), Felizmente no consulado o ataque não causou vítimas. Após o atentado os terroristas um homem e uma mulher apreenderam fuga após enfrentamentos com a polícia, que lançou uma operação na região para capturar os atiradores.

A polícia turca conseguiu deter uma das pessoas, uma mulher que se refugiou em um edifício de apartamentos, segundo informou a emissora “CNN Türk”. A detida Segundo o jornal “Milliyet”, foi identificada como Hatice A., uma enfermeira de 51 anos e militante do partido de esquerda radical DHKP/C, que estava presa e foi solta no mês passado.

A terrorista foi encontrada ferida pelos agentes. Segundo informações de jornais locais a detida sofreu ferimentos de bala e tem problemas cardíacos, motivo pelos quais foi hospitalizada.

O atentado acontece um dia depois de os Estados Unidos desdobrarem seis caças F-16 na base aérea turca de Incirlik (sudoeste do país, perto da Síria), para a luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

DLSegundo confirmou o governador da principal metrópole turca, Vasip Sahin, o consulado foi atacado por supostos militantes do partido de esquerda radical DHKP/C (Partido Frente Revolucionária de Libertação Popular).

A Turquia esta de alerta desde o mês passado quando iniciou uma operação de combate ao terrorismo que as autoridades chamaram de guerra sincronizada contra o terrorismo. A operação foi deflagrada contra posições do estado islâmico na Síria e de separatistas curdos no norte do Iraque. As ofensivas envolvem também a prisão de centenas de pessoas acusadas de ligações com esses grupos.

Outros acontecimentos:

Pela madrugada houve também um atentado suicida, contra uma estação de polícia em um subúrbio de Istambul, no qual morreram o suicida e um policial.

Em meio à operação para encontrar os responsáveis, dois supostos terroristas foram mortos pelas forças de segurança turcas. Porém ocorreram mais tarde outros dois ataques que provocaram a morte de um soldado e quatro policiais, ambos na província de Sirnak, no sudeste do país.

Embora o governo acuse por estes ataques o PKK (Partido dos Trabalhadores de Curdistão), que no final de julho rompeu um cessar-fogo que durou mais de dois anos, até agora ninguém reivindicou oficialmente esses ataques.


CPB INFORMA:

O conteúdo desta notícia é de inteira e exclusiva responsabilidade de seu autor, não refletindo opinião oficial do site/portal www.correiopopulardebrasilia.com.br ou dos demais editores do Jornal.

Gostou? Compartilhe:

CORREIO POPULAR BR1


Voltar ao topo voltarTopo